O ADEUS A FRANCISCO ROMÃOZINHO

A comunidade dos entusiastas do desporto automóvel sofreu uma grande perda com a partida do piloto Francisco Romãozinho.

Nascido em 1943, foi um dos mais destacados pilotos da sua geração e a sua imagem ficará para sempre associada ao Citroën DS , aos comandos do qual se tornou no primeiro português a competir num automóvel de fábrica. Foi aos comandos do DS21 que venceu o Rali TAP de 1969, tendo competido ainda com o DS Proto ou o CX 2400 GTI e Visa.

Antes disso, Romãozinho brilhou aos comandos de outras máquinas como os Mini Cooper S, Alfa Romeo Berlina, entre outros.

Na fase final do seu percurso como piloto, competiu no todo-o~terreno.