BERTONE B.A.T. TROCAM DE MÃOS

O trio fantástico de Scaglione foi vendido em Outubro pela Sotheby’s, em Nova Iorque, num leilão de arte. A venda dos Bertone B.A.T. foi uma das mais importantes dos últimos anos, tal é a importância destes três invulgares automóveis, cada vez mais reconhecida pelos especialistas.

A Bertone apresentaria o B.A.T. 5 no salão de Turim de 1953. A base dos B.A.T. era um Alfa Romeo 1900 SS, com carroçaria em aço, com as formas que se conhece.

No B.A.T. 7, de 1954, seguiu-se os mesmos princípios, mas com menor superfície frontal, asas maiores e uma “barbatana dorsal” mais pronunciada e um incrível cx. De 0’19.

Em 1955 era apresentado o B.A.T. 9, o mais sóbrio dos três, pois tinha como função provar que era  adaptar à produção em série os princípios estudados nos dois exemplares anteriores.

Os três concept foram vendidos pela Bertone e seguiram caminhos separados, sendo utilizados na estrada pelos seus proprietários. Em 1989 foram todos restaurado e reunidos em Pebble Beach, sendo então leiloados em conjunto e todos comprados pelo mesmo proprietário.

Em 2005 seriam vendidos ao Blackhawk Museum, situado na Califórnia, que os manteve até agora. Foram vendidos em conjunto a um novo proprietário, por mais de 13 milhões de euros.