ESTUDO DA FEDERAÇÃO DE CLUBES BRITÂNICA

Depois de recentemente termos dado a conhecer os resultados do estudo realizado pela HERO-ERA sobre o sector dos históricos, agora é a FBHVC – Federation of British Historic Vehicle Clubs vir apresentar um resumo das conclusões do seu próprio estudo do sector e do impacto sócio-económico do movimento dos veículos históricos.

Foram inquiridos 15.442 indivíduos, proprietários de um total de 32.062 veículos históricos, uma pequena parte do total do Reino Unido, que se estima ser de 1,5 milhões, divididos por um universo de 700.000 proprietários, ou seja, cerca de 1% da população. Números que registam um elevado crescimento face ao último estudo, realizado há quatro anos.

Segundo os dados recolhidos, concluiu-se que em média, cada veículo em condições de circulação, percorre menos de 2000km ano.

No que toca a despesas de utilização, manutenção, peças acessórios ou merchandising, o montante anual ascende aos 7,2 mil milhões de libras, um valro bem superior aos 5,5 mil milhões apurados há quatro anos.

O estudo permitiu também aferir que 964 milhões de libras facturadas nesse tipo de consumo no Reino Unido, vêm de fora, ou seja, resto da Europa e de outros Continentes, o que permite perceber o peso de exportações, excluindo veículos completos.

No Reino Unido há cerca de 3820 negócios a operar neste sector, gerando cerca de 34.113 empregos directos.

De olhos postos no futuro, o estudo apurou também que 12% das empresas a operar no sector têm a decorrer programas de estágio e formação de novos profissionais.