O ‘GULLWING’ DE SOPHIA LOREN

É um ícone eterno de sensualidade, de desejo, de elegância. Falamos do Mercedes-Benz 300 SL, mas poderíamos estar a falar da sua mais célebre condutora, a actriz Sophia Loren.

Em 1955, o 300 SL “Asas de Gaivota” arrebatava os corações dos entusiastas de automóveis, ao mesmo tempo que Sophia arrebatava o coração de Carlo Ponti. De forma apaixonada, o seu futuro marido e produtor cinematográfico manifestou vontade de a colocar ao volante de um automóvel que estivesse à sua altura em glamour e beleza para participar em diversas acções promocionais e eventos. Contra todas as expectativas, não escolheu um italiano, mas sim o pináculo dos super-desportivos da época, o “Gullwing”.

Sophia Loren teve, ao longo da vida, diversos automóveis especiais, como o Alfa Romeo Giulietta Sprint, os Ferrari 275 GTS e Daytona e o Rolls-Royce Silver Cloud II. No entanto, este foi o modelo que ficou mais “colado” à sua imagem, pelas muitas e exuberantes aparições que fez com ele ao longo do ano de 1956, nomeadamente uma mediática participação no “Rallye del Cinema”.

O desportivo alemão de matrícula ‘237421 Roma’, nunca foi propriedade da actriz, mas antes da produtora de Ponti, a A.T.A.. Da mesma forma que Ponti nunca foi exactamente seu marido já que, após o casamento, se veio a verificar que o abastado empresário já era casado, o que levou o mediático casal a anular a união de modo a evitar acusação de poligamia.

De Ponti o 300 SL passou para outro proprietário italiano e depois passou o Atlântico para os Estados Unidos. Regressado à Europa alguns anos depois, ficou na posse de um proprietário Sueco durante largos anos.

No final de 2020 ressurgiu, pela primeira vez em décadas, na HK-Engineering, onde está a ser alvo de intervenção. Nunca restaurado, o chassis 5500789 encontrava-se ainda em muito boas condições de conservação, pelo que este restauro está a ser realizado de forma a não interferir com as marcas do tempo, mas garantindo que se mantém sólido e pronto a usar por muitos mais anos.

Não é dito se este 300 SL irá voltar ao mercado mas, a acontecer, pode muito bem atingir um dos mais altos valores alguma vez pagos por um exemplar deste modelo.