CPAA RECEBE YAMAHA FJ 1200

Mais uma vez, o património do CPAA foi enriquecido com uma nova doação, provando a ligação dos sócios ao Clube, bem como a sua generosidade e espírito de partilha.

Trata-se de uma moto Yamaha FJ 1200 de 1994, doada pelo Sr. Jose Henriques Bastos da Silva Santos, de Corroios, a quem a Direcção do CPAA agradece publicamente e em nome de todos os sócios.

A série FJ,  da Yamaha, teve início em 1984 com a FJ 1100. Era, à época, um tipo de moto invulgar, por combinar uma extraordinária vocação turística com uma agilidade e performance desportivas. As linhas mais esguias e o tratamento aerodinâmico cuidado, permitiam simultaneamente uma boa capacidade de penetração e uma protecção aerodinâmica eficaz nas estiradas mais longas.

A solução ciclística era a típica da Yamaha, com o quadro Deltabox de duplo berço em aço, braço oscilante com mono-amortecedor vertical na traseira e garfo invertido na dianteira com sistema anti-dive.

O motor de quatro cilindros em linha, arrefecido a ar e óleo, debitava uns então  generosos 125cv. A alimentação está a cargo de quatro carburadores Mikuni de 36mm e a ignição é electrónica.

Em 1986 surge a FJ 1200, que representa uma suave evolução, ainda com as mesmas linhas e um esquema de cores muito semelhante. A potência era agora de 130cv e os médios e baixos regimes sairam bastante favorecidos com o aumento da cilindrada.

Em 1991 o modelo recebe uma revisão mais profunda do ponto de vista estético, com novas cores e com a secção frontal redesenhada e mais arredondada. Esta versão, denominada 3XW, é aquela a que pertence o modelo doado ao CPAA.

A moto já se encontra em exposição, no edifício da Delegação em Paço d’Arcos.

Esta moto é um bom exemplo importância dos veículos Pré-clássicos e a sua preservação futura, que o CPAA sugere e incentiva através de benefícios específicos para apoiar os proprietários de veículos que ainda não completaram 30 anos desde a data da primeira matrícula, mas que já ultrapassaram os 25. Para tal, permite o acesso a seguros mas acessíveis.

Para isso, basta ser Sócio Efectivo do CPAA (ou Sócio Auxiliar por apenas 20€ ano), estando isento do pagamento de jóia (125€) e inscrever o automóvel no Clube, associado ao seu nome (sem custos adicionais), ao longo do ano de 2021.

Com isto, aufere duas vantagens: o Seguro CPAA a 60€/ano desde já e, a partir da data em que a viatura completar 30 anos, receberá um desconto de 10% na Homologação de Veículo de Interesse Histórico.