ELEIÇÃO DO “CLÁSSICO DO FUTURO 2021” EM PÁDUA

É uma questão que está sempre na mente dos entusiastas dos automóveis antigos e clássicos: que automóveis da actualidade serão considerados coleccionáveis no futuro?

Na Feira Auto Moto d’Época, em Pádua, Itália, reuniu-se um Júri de especialistas que analisou e elegeu os modelos lançados em 2021 que maior potencial têm de vir a ser coleccionáveis e automóveis de culto.

Esta acção é organizada em conjunto com a revista Ruoteclassiche e o Júri inclui jornalistas, o Vice-director do salão, representantes de clubes e ainda o piloto Miki Biasion.
Contudo, o maior peso da votação vai para o público leitor da Ruoteclassiche, que pode votar nos meses anteriores.

Dos vários automóveis lançados em 2021, ficou em terceiro lugar o Abarth 695 70° Anniversario, Em segundo, o Porsche 718 Cayman GT4.

O vencedor, com 72% das preferências do público, foi o Toyota Yaris GR Extreme Rally.

Miki Biasion, que corrobora a opinião do público, explica que é compreensível e previsível esta vitória pois, segundo ele “O Yaris GR está para 2021 como o Delta Integrale para o seu tempo. O público elegeu o Yaris GR por este ser um conceito inesperado em 2021, mas que traz de volta o espírito dos modelos especiais de homologação dos anos 80 e 90, que ainda são os que fazem sonhar muitos jovens.”

Assim se cumpre o objectivo da competição com esta competição que, segundo a organização, tem como objectivo “fazer a ponte entre passado e futuro e envolver as marcas na valorização da sua história”.