Até sempre José Pinto

Com a realização das cerimónias fúnebres, despediu-se na passada semana da família e amigos o jornalista e sócio do CPAA, grande amante dos Automóveis em geral e do Antigos em particular. Convidamo-lo a ler um sentido texto de autoria do vice-presidente do Clube, Manuel Silva.

Estamos de luto

Venho falar-vos do José Pinto, o Homem que mostrou à minha geração como se aprende a gostar de Carros em Competição.

No início, ele era novo e usava uma cabeleira farta. Os carros eram novos e ao alcance de poucos bolsos. As coisas foram mudando e hoje, esses carros são os nossos clássicos.

O Zé Pinto deixou-nos, mas o seu legado não.

Cabe-nos a nós preservar e contagiar as gerações futuras, para que “esses” carros perdurem no tempo e sejam cada vez mais clássicos.

Sempre com seu ar circunspecto, mas com um sorriso, estava pronto a ajudar. Quando tudo parecia desabar ele lutava, lutava, revirava e lá se resolvia TUDO.

O seu gosto pelo CPAA era notório e grande. O Pedras D`el Rei era a sua Praia.

Não era pessoa de fazer amigos nem inimigos, mas tinha muitos amigos. Eu era amigo dele.

Não imagino melhores palavras para nos despedirmos de um companheiro de luta… Para um amigo se despedir de outro amigo.

Na hora da despedida o CPAA não pôde deixar de lhe prestar a última homenagem. Com o consentimento da família, prantou-lhe  a Bandeira do CPAA em cima da urna como a dizer até sempre Zé Pinto!

Manuel Silva

Pela Direção CPAA