Elegância em Amelia Island
Um dos mais prestigiados Concurso de Elegância do Mundo, o certame de Amelia Island deste ano voltou a ter dois “Best in Show”: o Best in Show Concours d’Elegance” foi para um Dusenberg J/SJ Convertible de 1929, enquanto que o galardão de “Best in Show Concours de Sport” foi atribuído a um Ferrari 250/275P, de 1963.
O Dusenberg vencedor é propriedade do banqueiro de Cincinnati Harry Yeaggy, que no ano passado triunfou, com outro modelo da marca norte-americana, no Concurso de Pebble Beach.
Este modelo de 1929, tem a particularidade de ter sido carroçado, à época, pela Bohman & Schwartz, de Pasadena, o que faz dele um automóvel único.
O proprietário tem uma garagem com 25 automóveis, entre os quais se contam um dos Ford GT 40 da “tripla” de 1966 em Le Mans ou o Aston Martin DB5 de James Bond no filme “Goldfinger”.
Voltando a Amelia Island e ao “Best in Show Concours de Sport”, o Ferrari vencedor é propriedade da JSL Motorsports Collection, de Redwood City, na Califórnia, e é um automóvel cheio de história.
Guiado em Nurburgring, em 1963, por John Surtees, venceu então os 1000Km, assim como em 1964 triunfou nas 12 Horas de Sebring, com a dupla Mike Parks-Umberto Malioli.