GUARDAR O CLÁSSICO NO INVERNO

Agora que chegou a chuva em força, surgem poucas oportunidades para passear num veículo antigo com conforto e segurança. Por isso, os períodos de “hibernação”, tornam-se mais longos. 
Todos sabemos genericamente o que fazer para que os automóveis se conservem devidamente durante este período, mas há cuidados que convém sempre recordar:

1 – Garantir que a garagem não é húmida ou, se for, tente arejar ou usar um desumidificador, se possível;

2 – Cobrir com uma capa adequada é fundamental para evitar que o pó se entranhe, mas permitindo alguma circulação de ar a fim de evitar ressoamento;

3 – Atestar o depósito de forma a evitar a formação de condensação no depósito;

4 – Encher os pneus acima de pressão recomendada, para evitar deformações e, se possível, ir movendo o automóvel de forma a evitar que esteja sempre sobre a mesma zona do pneu;

5 – Usar um bom anticongelante, de modo a evitar a corrosão no sistema ou, se possível, use uma solução à base de glicol, sem água na composição;

6 – Se possível, mantenha a bateria carregada, com um carregador “inteligente” que evita sobrecargas e mantém o funcionamento normal da bateria. Em alternativa, desligue e retire a bateria do automóvel;

7 – Especialmente se forem antigas ou originais, as borrachas e vinis poderão beneficiar de uma camada protectora de vaselina ou silicone.

E por último, assim que possível, volte à estrada, porque nada é mais essencial para a saúde de um veículo antigo do que ser utilizado!