FIVA QUER NORMALIZAÇÃO DAS ZER

A FIVA – Federação Internacional dos Veículos Antigos, instou os Governos da União Europeia, a preservar o espaço dos veículos históricos quando estabelecem Zonas de Emissões Reduzidas (ZER).

Segundo a FIVA é necessário que haja mais consistência nas regras de todo o espaço europeu, evitando aquilo que apelidou de “manta de retalhos de regulamentos, que causa uma crescente confusão nos condutores“.

Sendo certo que a FIVA apoia uma mudança para um futuro mais verde e sustentável, estas alterações à mobilidade urbana podem ser uma ameaça ao uso dos veículos históricos na via pública“, diz Tiddo Bresters, Presidente da Federação.

Acrescenta ainda que deverá ser feita a distinção entre “veículos velhos e potencialmente mal conservados, que são utilizados como meios de transporte e os veículos de interesse histórico“.

Londres, por exemplo, decidiu criar um regime específico, estabelecendo que apenas os automóveis com mais de 40 anos estarão isentos de restrições. Essa medida vai contra o que está instituído internacionalmente quanto ao estatuto de Veículo Histórico, ou seja, veículos com 30 ou mais anos que não sejam utilizados no quotidiano.